TPM, sobrepeso, entre outros: 11 sinais de excesso de estrogênio.

O estrogênio é um hormônio sexual feminino produzido nos ovários, na placenta e no córtex adrenal. Entre outras coisas, ele é importante para o crescimento dos seios, fertilidade e controle do ciclo menstrual. Durante a ovulação, o nível de estrogênio no corpo aumenta, e depois volta a diminuir rapidamente.

Durante a gravidez, no entanto, a quantidade desse hormônio permanece alta e continua a aumentar até o parto, uma vez que o estrogênio é formado na placenta. No entanto, um excesso de estrogênio no organismo, independentemente da gravidez, pode levar a várias alterações físicas.

Pixabay

Nesses casos, o nível de estrogênio geralmente não é maior do que o normal, o problema é que é produzida pouca progesterona nos ovários. Isso cria um desequilíbrio entre esses dois hormônios. Quando o estrogênio domina, o organismo é muito afetado. Se você tiver mais de um dos seguintes 11 sintomas, é provável que você tenha um desequilíbrio hormonal desse tipo.

1. Diminuição da libido

Muitas mulheres não sentem desejo sexual. A perda de libido também é um efeito colateral comum das pílulas anticoncepcionais, uma vez que elas geralmente contêm estrogênio artificial.

2. Tensão (ou síndrome) pré-menstrual (TPM)

Pixabay

Muitas mulheres se sentem mal nos dias que antecedem a menstruação. A síndrome pré-menstrual manifesta-se 14 dias antes da menstruação causando desconforto físico e emocional, por exemplo: compulsões alimentares, estados de depressão, dor abdominal, constipação, acne, tonturas ou fadiga.

3. Mudanças de humor

As mulheres com excesso de estrogênio podem se tornar difíceis de lidar. O humor às vezes muda de uma hora para outra. Ou elas estão com um humor excelente ou o mundo está entrando em colapso. Muitas mulheres e suas famílias sabem disso muito bem.

4. Aumento de peso

Gained weight

Outro fenômeno relacionado ao excesso de estrogênio é o aumento de peso, pois ele pode causar retenção de líquido.

5. Ciclo irregular

Muito estrogênio no corpo ou um desequilíbrio entre o estrogênio e a progesterona muitas vezes leva a problemas no ciclo menstrual, que pode ser mais curto ou mais longo do que o normal. O sangramento também pode ser muito fraco ou muito intenso.

6. Dor de cabeça

Muitas mulheres sofrem de dores de cabeça pouco antes do período menstrual. No entanto, se as enxaquecas são prolongadas, elas podem ser devidas a um excesso de estrogênio. Esses tipos de dores de cabeça costumam aparecer antes, durante ou após a menstruação.

7. Transtornos do sono

Pixabay

Há muitas razões que podem estar por trás do cansaço. Uma delas é um alto nível de estrogênio. Isso, geralmente, causa insônia. As mulheres afetadas têm problemas para adormecer ou ter um sono reparador. Se você não consegue dormir, não fique se revirando na cama, levante-se e faça alguma atividade. Não vá para a cama até se sentir realmente cansada e evite cochilos durante o dia.

8. Pés e mãos frios

O estrogênio afeta o metabolismo. Um alto nível desse hormônio pode causar hipotireoidismo, hipoglicemia ou fadiga adrenal. Ter mãos e pés frios também é um dos sintomas.

9. Pressão arterial alta

Um alto nível de estrogênio estimula os hormônios que controlam a pressão arterial. Geralmente, a ingestão de progesterona ajuda a regularizar a pressão arterial nesses casos.

10. Perda de cabelo

dsf

Não é só a deficiência de estrogênio que pode causar perda de cabelo, o excesso de estrogênio também, uma vez que, neste caso, o nível de testosterona aumenta, causando a queda dos fios.

11. Pele seca

Outro problema causado pelo excesso de estrogênio é a pele seca. As mulheres sofrem com isso especialmente na menopausa, uma vez que a pele pode armazenar menos umidade na idade adulta. A pele geralmente produz coceira, tensão cutânea e caspa. Os cremes e loções que contêm ureia são muito úteis nesses casos, porque esta substância permite que a pele retenha mais umidade.

De qualquer maneira, você deve consultar um ginecologista se suspeitar que está com excesso de estrogênio. Atualmente, existem remédios com hormônios artificiais, ou naturais, que podem restaurar o equilíbrio hormonal. As mulheres que estão na menopausa também podem sofrer com os efeitos de excesso de estrogênio, uma vez que, nesta fase, a produção de progesterona diminui. Ao longo do tempo, o nível de estrogênio também diminui, e os sintomas da menopausa desaparecem.

Comentários

Também incrível