11 erros que prejudicam seu filho

É óbvio que os pais sempre querem o melhor para os filhos. Mas, às vezes, quando pensam que estão indo bem, fazem exatamente o oposto. Pior: por causa de certos comportamentos, eles podem até prejudicar as crianças sem perceberem. Todos os pais devem, portanto, evitar os 11 erros a seguir, a fim de permitir que seus filhos se desenvolvam da maneira mais saudável possível.

1) Colocar os brinquedos em cima da cama/berço

Para um sono reparador, os bebês só precisam de um bom colchão, um lençol e um cobertor pequeno se estiver um pouco frio no quarto. No entanto, bichos de pelúcia e brinquedos de todos os tipos não devem ficar no berço. Isso não só perturba o sono, mas também pode causar dificuldades respiratórias se um brinquedo acidentalmente cobrir o nariz e boca da criança. 

dscf0033

2) Deixar uma luz acesa

Uma luz noturna parece ser uma boa maneira de muitos pais espantarem os supostos monstros de debaixo da cama. Mas, de acordo com os neurologistas, é realmente melhor para a saúde da criança ficar sem ela. A produção de hormônios do crescimento, assim como a melanina, é melhor estimulada na escuridão total. No entanto, se os pais não querem que seus filhos durmam completamente sem luz, eles devem garantir que estão usando o tipo certo de luz. As luzes vermelhas e laranja, por exemplo, não impedem a produção de melanina tão fortemente quanto a luz branca, verde ou azul.

Alien invader

3) Alimentá-los com a colher

É aconselhável a não ajudar as crianças a comer se elas já puderem fazer isso sozinhas. As crianças que são alimentadas com colher por mais tempo do que deveriam, ganham mais peso durante a vida. Quando os pais seguem dando comida na boca dos filhos, fica difícil dizer quando a criança está satisfeita e elas acabam comendo mais, o que leva ao excesso de calorias e ganho de peso. As crianças que comem sozinhas têm a oportunidade de comer no seu próprio ritmo e, assim, desenvolvem uma atitude mais saudável em relação à alimentação.

VJG-1112-14

4) Forçá-los a comer

Os pais, e geralmente os avós, em particular, costumam insistir para que as crianças terminem a refeição. No entanto, eles devem poder decidir por si próprios quando comeram o suficiente. Caso contrário, a criança corre o risco de desenvolver hábitos alimentares não saudáveis ​​porque não sabe quando parar. não é necessário sempre comer tudo, porque as crianças não precisam de tantas calorias. Além disso, se eles consomem nutrientes em excesso, pode acarretar problemas no sistema digestivo.

Aqui está uma lista de 13 alimentos que as crianças não devem comer.

Eating

5) Fazer cócegas

Se os pais querem fazer seus filhos rirem sem muito esforço, basta fazer cócegas neles. Mas pesquisadores da Universidade da Califórnia descobriram que fazer cócegas não causa o mesmo sentimento de felicidade que, por exemplo, uma piada. Pelo contrário, o reflexo descontrolado é, neste caso, apenas uma ilusão de felicidade. Isso é problemático porque, mesmo quando as crianças odeiam as cócegas, elas continuam a rir e os pais não sabem quando parar.

Neste artigo, você encontrará três outras razões pelas quais você não deve fazer cócegas nos seus filhos.

Tickle!

6) Cobrir os espelhos

Existe uma superstição generalizada de que os bebês adoecem quando se veem no espelho. Claro, isso é completamente falso. Pelo contrário: pediatras e psicólogos recomendam até sentar em frente ao espelho com seu filho. Embora as crianças tenham reações diferentes à sua própria imagem, dependendo da idade, elas ainda ficam fascinadas. Acima de tudo, isso promove o desenvolvimento da auto percepção e, portanto, elas não devem ser privadas disso.

jacob mirror

7) Agasalhá-los em excesso quando as mãos estiverem frias

Quando as mãos e os pés de uma criança estão frios, muitos pais tendem a agasalhá-las com muitas roupas. No entanto, como a circulação sanguínea e os vasos funcionam um pouco diferente nelas do que no corpo de um adulto, é completamente normal que certas partes do corpo sejam mais frias ou mais quentes que outras. O que muitas pessoas não sabem é que é muito mais comum uma criança estar mais aquecida do que com frio. Se seu pescoço ficar suado e pele ficar rosada, esses são sinais óbvios de que ela está com calor.

Cold baby

8) Forçá-la a dividir

Aos dois anos de idade, a criança começa a perceber as coisas que lhe pertencem. Mas os pais raramente entendem isso e acham que seu filho é mesquinho se não compartilha seus brinquedos com outras pessoas. Forçá-lo a compartilhar traz apenas desvantagens, de acordo com psicólogos. Na verdade, as crianças que são forçadas a compartilhar seus brinquedos geralmente não conseguem entender e satisfazer suas próprias necessidades e desejos como adultos.

Sharing!

9) Criar um ambiente esterilizado

A limpeza é extremamente importante. No entanto, pesquisadores de diferentes países concordam que um ambiente completamente estéril é ruim para o desenvolvimento das crianças. Na verdade, isso retarda o desenvolvimento de um sistema imunológico fortalecido, o que dificulta o combate a infecções. Um ambiente estéril também promove reações alérgicas. Portanto, é aconselhável não desinfetar imediatamente os brinquedos que acabaram de cair no chão.

mano in legoland

10) Eliminar alérgenos

Para evitar alergias alimentares, as crianças devem ter o mínimo de restrições possível na escolha de seus alimentos. Esta é a única maneira de o sistema imunológico se acostumar com os diferentes alérgenos e aprender a reagir de acordo. Em um estudo, os cientistas descobriram que crianças que provaram manteiga de amendoim antes dos dois anos de idade tinham menos probabilidade de ter alergia a amendoim do que aquelas que foram expostas a ela mais tarde.

handfull of nuts

11) Colocá-los muito cedo no penico

Quando exatamente iniciar o treinamento no banheiro é uma pergunta complicada para muitos pais. Mas urologistas e pediatras concordam: começar cedo demais faz mal à criança. Na idade de um ou um ano e meio, as crianças ainda não sabem como reagir aos sinais de seus corpos. Além disso, nessa idade a bexiga ainda não está totalmente desenvolvida, por isso é mais difícil para as crianças conterem a vontade de fazer xixi. A bexiga leva cerca de três a quatro anos para se desenvolver completamente.

potty training

Ser pai e mãe é uma tarefa para a vida toda e há muitas coisas a considerar. O comportamento dos pais, especialmente na infância dos filhos, é mais do que formativo. No entanto, se esses erros forem evitados você já estará fazendo muito para seu filho crescer saudável e feliz.

Guarde no Pinterest.

Fonte:

brightside

Comentários

Também incrível