7 erros que quase todos os casais em um relacionamento longo cometem

Para a maioria das pessoas, o amor e os relacionamentos são a coisa mais importante na vida. Mas o relacionamento por si só não é suficiente para a felicidade; a qualidade dele é o elemento crucial. No entanto, se é importante cultivar o amor, é ainda mais importante evitar certos erros. Quanto mais tempo o relacionamento durar, mais maus hábitos se desenvolvem. E sim, às vezes eles podem minar o romantismo.

Quando os casais passam a conversar menos, geralmente isso é o início do fim. A falta de comunicação é uma das razões mais comuns para a separação. E quaisquer que sejam seus esforços, existem armadilhas nas quais todos os casais caem a qualquer momento.

1) Deixar de dar valor

Nos relacionamentos longos, as pessoas se sentem confortáveis demais e cometem o erro de considerar o amor de parceiro uma garantia, mesmo sem fazer o menor esforço para mantê-lo. A atração mútua desaparece gradualmente, o que, a longo prazo, leva à decepção e frustração. O amor e o sentimento de segurança são como uma chama que precisa ser mantida acesa (mesmo que às vezes a chama oscile), e os casais devem sempre estar cientes disso e darem valor ao relacionamento e ao outro.

Deixar de dar valor

2) Achar que o outro pode ler seus pensamentos

Ler mentes seria uma habilidade prática, mas ninguém a possui, nem mesmo seu parceiro. Esqueça frases como "você deveria saber disso...". Ninguém pode saber o que outra pessoa está pensando. É por isso que a boa comunicação é tão importante e você não deve economizar esforços para mantê-la mesmo em relacionamentos longos.

3) Indiferença

Quando você fica com alguém por um longo tempo, pode acontecer de você perder de vista os sentimentos do parceiro e se preocupar apenas com seus próprios sentimentos ou desejos não realizados. Isso geralmente transmite a sensação de que você não se importa mais com quem está ao seu lado, e pode ser que a outra pessoa busque essa atenção em outro lugar.

indifférence

4) Desejo de mudar o outro

Mesmo que você decida passar sua vida com outra pessoa, isso não significa que você e seu parceiro tenham as mesmas opiniões. Um erro comum para muitos casais é querer reeducar ou até mudar o outro. Isso certamente será um problema no futuro, afinal, ao escolher uma pessoa você aceita lidar com seus defeitos e qualidades. Isso não significa que você deve deixar passar coisas que realmente te incomodam, mas deve economizar essa energia para o que é realmente importante e relevar as pequenas coisas.

5) Distância física

A maioria dos relacionamentos de longo prazo se baseia na confiança construída ao longo dos anos e em uma rotina para lidar com a vida cotidiana, que costuma ser estressante. Os dois juntos formam uma base sólida para o amor. Mas proximidade física e carinho também são elementos indispensáveis. Sem eles, logo vêm a insatisfação e a frustração. Andar de mãos dadas, abraçar e se divertir com quem se ama também são coisas importantes para fazer um relacionamento durar.

Distância física

6) Deixar de notar as qualidades 

Os casais geralmente cometem o erro de deixar de ressaltar as qualidades do parceiro. Meias espalhadas, a caixa de leite vazia na geladeira ou a mania chata de deixar as luzes acesas vão se tornando cada vez mais importantes. A boa notícia  é que você pode reajustar sua percepção. Assim, você poderá sempre se lembrar das coisas boas que uniram os dois.

7) Subestimar pequenos gestos

Em um relacionamento, geralmente são os pequenos gestos contam mais que os grandes: um pequeno ritual matinal, um buquê de flores ou algo tão simples quanto um beijo de boa noite. Mas, em geral, são exatamente essas coisas que desaparecem com o tempo. Isso acontece de forma não intencional e está ligado à rotina, mas pode ter consequências fatais no relacionamento. São esses pequenos gestos que permitem que o amor dure. Uma simples vela na mesa de um jantar preparado com amor pode mudar tudo.

Subestimar pequenos gestos

Em relacionamentos longos, a atenção aos detalhes vale ouro. Mesmo que a paixão oscile ao longo dos anos e você não consiga valorizar seu parceiro 100% das vezes, é necessário fazer esforços para preservar o amor que vocês sentem um pelo outro.

Fonte:

Brigitte

Comentários

Também incrível