Boa alimentação para artrose: prevenção e alívio

Alguns dos problemas mais comuns que vêm com a idade e afetam milhões de pessoas em todo o mundo estão relacionados ao desgaste nas articulações. Na maioria dos casos, as articulações do joelho, quadril e tornozelo ficam deterioradas devido à sobrecarga constante. Em termos médicos, o fenômeno é chamado osteoartrite ou artrose: a camada protetora da cartilagem entre os ossos fica cada vez mais reduzida. Isso geralmente resulta em inflamação dolorosa e, às vezes, em articulações muito inchadas.

Além do desgaste natural das articulações, a osteoartrite também pode ser resultado de um acidente, lesão de ligamentos ou malformação congênita. Em todos esses casos, no entanto, sempre existem circunstâncias que facilitam o início ou a progressão do problema: predisposição individual, falta de condicionamento físico, má alimentação. "A nutrição desempenha um papel importante no desenvolvimento da osteoartrite", diz com convicção a Dra. Fernanda Mendes Cardoso, especialista em medicina física e reabilitação.

imgur/NathanielWise

Estresse por peso

A má alimentação combinada com a falta de exercício leva ao excesso de peso. Muito peso sobrecarrega as articulações e causa desgaste. Não é apenas a quantidade de comida que importa, mas também o que você come. Por exemplo: os ácidos graxos saturados causam um crescimento mais rápido dos depósitos de gordura do que os ácidos graxos insaturados. Embora o número de calorias puras seja o mesmo, os ácidos graxos insaturados são melhor processados.

Butter

Cartilagem fraca

Além do estresse mecânico direto causado pelo ganho de peso, a dieta também pode influenciar a formação de cartilagem. O corpo precisa dos nutrientes adequados para construir novas células da cartilagem. Se a dieta for muito unilateral, pode ter um efeito negativo no desgaste das articulações.

Ao mesmo tempo, a dieta errada pode fazer com que o corpo libere hormônios pró-inflamatórios. Isso torna a cartilagem mais flexível e menos resistente. A osteoartrite pode, portanto, não apenas causar inflamação das articulações, mas a própria inflamação piora o curso da doença. E a nutrição desempenha um papel importante nesse círculo vicioso. A pesquisa médica concentra-se em uma substância específica: o ácido araquidônico, encontrado principalmente em alimentos de origem animal.

O estresse oxidativo, que danifica as células, incluindo cartilagem e tecido ósseo, tem uma influência adicional na formação de cartilagem. Estilo de vida e alimentação também estão muito envolvidos no desenvolvimento do desgaste oxidativo. Motivo suficiente para ter mais cuidado com o que você come todos os dias.

Laser therapy on a knee used to treat pain

Alimentos e coisas a evitar

Para prevenir e aliviar a osteoartrite, os médicos recomendam limitar o máximo possível os 7 seguintes alimentos (ou produtos de consumo), pois eles têm um efeito negativo nos processos inflamatórios do corpo e no estresse oxidativo nas células:

  1. Salsicha e carne vermelha;
  2. Leite e produtos lácteos;
  3. Ovos;
  4. Açúcar;
  5. Café e chá preto;
  6. Álcool;
  7. Cigarro.

A restrição recomendada não significa que você deva evitar completamente esses alimentos. Mas a saúde geralmente é alcançada mais rapidamente do que muitas pessoas pensam: por exemplo, não mais que duas pequenas refeições de carne por semana devem estar no cardápio. Para produtos lácteos, é recomendável mudar para variedades com baixo teor de gordura, se possível. Açúcar, café ou álcool também devem ser consumidos com moderação.

326 Got Chocolate

Alimentos que fortalecem as articulações

Como já mencionamos, uma dieta adequada também pode contribuir para a formação de uma nova massa de cartilagem e articulações resistentes. Frutas e vegetais, em particular, tornam possível não sentir dor por mais tempo e permanecer móveis:

  • Dietas ricas em vitaminas reduzem o estresse oxidativo.
  • Dietas ricas em fibras têm um efeito anti-inflamatório.
  • O peixe e o azeite são benéficos graças aos seus ácidos graxos ômega 3.
  • Estudos mostraram que cebola, alho-poró e alho fortalecem as articulações.
  • Foi demonstrado que o brócolis bloqueia as enzimas responsáveis pela quebra da cartilagem.

Brokkoli

Articulações saudáveis e alimentação

No entanto, em vez de uma dieta rigorosa, geralmente é aconselhável adaptar a dieta ao estilo de vida e aos gostos. Quem fica apenas brigando com a comida dificilmente consegue um sucesso duradouro. Tampouco ajuda uma divisão entre comida "ruim" e "boa": se certos alimentos sozinhos não são responsáveis pela osteoartrite, certos alimentos sozinhos também não podem prevenir ou curá-la.

Como costuma acontecer, a receita secreta para articulações saudáveis é provavelmente a seguinte: dieta equilibrada, com muitas frutas e legumes, redução de alimentos de origem animal com alto teor de gordura, pouco álcool e exercícios suficientes, mas não muito.

Guarde no Pinterest.

Comentários

Também incrível