5 maneiras que seu cérebro usa para te boicotar

O cérebro humano trabalha constantemente. Ele controla a frequência cardíaca, pressão arterial, respiração, organiza o ritmo sono-vigília, permite que você pense e lembre e, portanto, condiciona a personalidade. Em suma, seu cérebro mantém você vivo e faz de você o que você é 24 horas por dia.

Mas quando você tem muita coisa para fazer e descansa pouco, comete erros de tempos em tempos. O mesmo vale para o cérebro. Neste artigo, você descobrirá quais erros de pensamento fazem seu cérebro manipular você inconscientemente.

1) Seu cérebro lhe serve com informações adequadas às suas crenças

Com a quantidade de informações que ele recebe, o cérebro classifica aquelas que correspondem às suas próprias expectativas. É por esse motivo que você prefere gastar seu tempo com pessoas que pensam como você e confirmam suas crenças. Ao mesmo tempo, você oculta opiniões opostas - os psicólogos falam em distorção de identidade.

A ilusão de frequência funciona da mesma maneira que a distorção de identidade: nesse fenômeno, por exemplo, você percebe subitamente mais mulheres grávidas simplesmente porque deseja ter um filho. Ou você parece ver o mesmo modelo de carro que você acabou de comprar em qualquer lugar.

portret 680 : carrying the weight of the future

2) Seu cérebro confunde causa e efeito

Outro erro de pensamento frequentemente cometido pelo cérebro é confundir os chamados fatores de seleção com os resultados. Um exemplo é a ideia de que o físico típico de um nadador é o resultado de muito treinamento, enquanto uma certa disposição física é o fator decisivo para a aptidão de uma pessoa a ser nadador profissional.

Obviamente, um treino intensivo ajuda a desenvolver os músculos necessários, mas um tórax longo e pernas curtas, ombros largos e um grande volume pulmonar são os requisitos básicos para ser bom na natação - e não o efeito.

Swimmers

3) Seu cérebro toma decisões com base em "âncoras"

Em vez de tomar uma decisão de compra de forma livre e independente, seu cérebro usa a heurística de ancoragem e ajuste. Isso significa que você não toma sua decisão com base em um preço convincente, mas porque você compara o preço com outros preços (as "âncoras").

Por exemplo, se você vir apenas um par de sapatos por R$150 em uma vitrine, seu cérebro poderá entender que é muito caro e deixá-lo lá. No entanto, se você achar que o mesmo par de sapatos passou de R$300 para R$150, seu cérebro acha que é um bom negócio e o força a levá-lo. Você não vê o valor individual do investimento naquele momento - se realmente precisar desses sapatos e se o preço for razoável - mas apenas a diferença com o preço dado anteriormente.

Espadrille delight

4) Seu cérebro calcula mal as probabilidades

Ao jogar uma moeda, a probabilidade é exatamente de 50% de que caia cara ou coroa. Mas se a moeda já foi lançada 20 vezes e revelou cara toda vez, seu cérebro te prega peças e você acha que a probabilidade de cair coroa se torna mais alta. No entanto, a probabilidade ainda é de 50%.

Este fenômeno também é chamado de "erro do apostador" e é por isso que muitas pessoas perdem seu dinheiro no cassino todos os dias. Todos eles esperam que a sorte chegue em algum momento após várias perdas. De fato, o risco de perder é sempre o mesmo.

Coin Roll

5) Seu cérebro justifica erros de compra

A síndrome de Estocolmo é um fenômeno em que a vítima de um sequestro simpatiza com seu sequestrador. Um fenômeno semelhante ocorre quando você compra algo de que se arrepende mais tarde.

Porque, mesmo que o produto não traga os benefícios que você esperava, seu cérebro tenta convencê-lo a comprá-lo até que você finalmente acredite que tenha justificativa para isso.

woman window shopping

O cérebro humano faz coisas maravilhosas todos os dias. Portanto, não é surpreendente que um ou outro erro de pensamento ocorra de vez em quando. No entanto, agora você sabe como agir para combater alguns desses fenômenos à medida que surgem.

Guarde no Pinterest.

Fonte:

buffer

Comentários

Também incrível