Um adolescente de 14 anos virou esquizofrênico do dia para a noite

O que você faria como mãe se seu filho saudável se comportasse estranhamente de um dia para o outro e nem os médicos pudessem ajudá-lo? Uma família americana, que preferiu permanecer anônima, passou por essa experiência terrível.

Happy boy

O jovem de 14 anos era um adolescente normal. Ele fazia parte do time e do grupo de teatro de sua escola. Ele era popular e gostava de passar tempo com seus amigos e seus gatos. Até o dia em que ele sentiu uma sensação estranha; foi aí o começo da tragédia.

Todos os dias ele se sentia cada vez mais triste e, a certa altura, começou a ouvir vozes em sua cabeça. Algum tempo depois, ele começou a ver coisas que sua família não via. Ele sentia que não dominava suas emoções e seu corpo e depois de um tempo até pensou em acabar com sua vida.

pin1

A família ficou chocada ao ver que o menino alegre havia se transformado em uma pessoa sombria e desesperada em poucas semanas. Eles buscaram ajuda médica, mas quando ele afirmou ser "o filho do diabo", esse foi o fator decisivo. Após vários exames, dois psiquiatras deram ao jovem o diagnóstico de esquizofrenia.

Essa é uma doença mental que pertence ao grupo das psicoses e se manifesta por episódios. O comportamento dos afetados muda significativamente, como foi o caso do jovem. As vítimas ouvem vozes, têm alucinações, pensam que estão sendo perseguidas e cortam o contato social. A doença é frequentemente confundida por leigos como "dupla personalidade" (transtorno dissociativo de identidade).

pin2

No entanto, após esse diagnóstico, o adolescente ainda estava longe de ser curado. Depois de começar a tomar drogas psicotrópicas, ele e seus pais esperavam que os sintomas melhorassem. Em vez disso, aos problemas psicológicos foram adicionadas dores físicas.

Ele tinha dores de cabeça todos os dias, ficava sem fôlego e precisava ir ao banheiro com muita frequência. Nem mesmo ficar em um hospital por 11 semanas fazendo muitos testes psicológicos ajudou o menino.

Os pais, desesperados, decidiram parar de expor o filho a esses testes e exames e interromper o tratamento. Quando encontraram estrias no corpo do filho algum tempo após a última passagem pelo hospital, não o levaram mais ao médico. Eles atribuíram essas estrias à perda de peso por causa da doença.

pin3

Foi somente durante um exame de rotina no médico da família que ele encontrou estrias no cotovelo e na parte de trás do joelho da criança. Em uma inspeção mais detalhada, ele descobriu que não eram estrias comuns, mas lesões de pele fina. Uma suspeita amadureceu nele e foi confirmada após um exame de sangue: o garoto de 14 anos não sofria de esquizofrenia, mas sim de um tipo muito grave da chamada "doença da arranhadura do gato"ou DAG.

Esta doença é causada pela bactéria Bartonella, que entra no corpo dos gatos através das pulgas. O patógeno é transmitido aos seres humanos por arranhões ou mordidas e depois de um tempo, as psicoses começaram.

Como arranhões não são incomuns em donos de gatos, o menino não associou o incidente à sua condição. A doença geralmente se manifesta em sintomas como febre, dor de cabeça ou dor nos membros. Em muitos casos, a infecção se resolve após três a quatro semanas.

Cat scratches itself

Nesse jovem, no entanto, a bactéria desencadeou sintomas neurológicos que foram mal interpretados como esquizofrenia. Depois de quase dois anos de provação e várias internações mal sucedidas, os sintomas do menino melhoraram depois que ele começou a tomar antibióticos. Desde então, ele se recuperou totalmente.

O relatório sobre este caso particularmente sério visa aumentar a conscientização sobre essa doença pouco conhecida, mas não espalhar o pânico. Muitos gatos têm anticorpos contra as bactérias Bartonella, portanto, a transmissão raramente ocorre. Os médicos aconselham a prevenção contra pulgas e que as vacinas estejam em dia. Estima-se que cerca de 10% dos gatos possam transmitir essa doença. Os animais são apenas portadores e não adoecem.

 
 
 
 
 
Sieh dir diesen Beitrag auf Instagram an
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Ein Beitrag geteilt von Mirjotte (@mirjotte) am

É realmente terrível que esse garoto tenha tido que passar por algo tão difícil e por tanto tempo. Mas, felizmente, os sintomas desapareceram e esperamos que ele possa voltar a uma vida normal. Se você tem gato ou qualquer outro animal, certifique-se de que a saúde do bichinho seja prioridade, pelo bem dele e o também o seu.

Guarde no Pinterest.

Fonte:

health,

fox news,

wikipedia,

 

Comentários

Também incrível