Menstruação: como as mulheres lidam com esse período em várias partes do mundo

Em qualquer lugar do mundo, meninas e mulheres menstruam uma vez por mês (tendo boa saúde e um ciclo normal). No entanto, para as mulheres ocidentais, passar pelo período menstrual significa algo bem diferente do que para as mulheres que pertencem à população rural em grande parte da África, no Nepal ou no mundo árabe.

Enquanto as mulheres ocidentais têm todos os tipos possíveis de absorventes e coletores nas prateleiras dos supermercados, meninas e mulheres em outros países precisam se contentar ainda com lençóis ou pedaços de tecido para conter o fluxo sanguíneo. Além disso, a menstruação continua sendo um tabu em muitos países, acompanhada de vergonha e restrições.

Periodo en el mundo

Outro desafio é o acesso a instalações sanitárias limpas ou água corrente, um requisito importante para a higiene necessária. Existem milhões de mulheres que não têm acesso a água livre de germes ou a um banheiro adequado. A organização WaterAid confirma que apenas uma em cada quatro pessoas em todo o mundo tem acesso ao seu próprio banheiro e uma em cada dez não tem acesso à água potável perto de sua residência.

Menstrual Hygiene Management room for girls at school

No entanto, a WaterAid ajuda muitas mulheres a lidarem com a menstruação. A organização garante que todas elas, independentemente da origem, tenham acesso a produtos e instalações de higiene adequados. Mas isso inclui não só um suprimento de absorventes, mas também alternativas ecológicas, porque os produtos descartáveis ​​representam um problema considerável de desperdício.

A WaterAid documentou muitas facetas da menstruação para chamar a atenção para o problema. Um projeto fotográfico mostra as diferentes maneiras pelas quais as mulheres tentam lidar com a questão. Você verá que a imaginação não tem limites.

Nepal

Muitas mulheres no Nepal costuram seus próprios absorventes de pano. Para a maioria delas, os absorventes das lojas são muito caros e também poluem o meio ambiente se não forem descartados adequadamente.

Nepal

Inglaterra

As mulheres da Inglaterra têm acesso a uma ampla gama de produtos de higiene. Hoje, muitas usam absorventes internos ou coletores menstruais durante a menstruação. No entanto, elas usam cada vez mais absorventes feitos de algodão orgânico e materiais biodegradáveis ​​para proteger o meio ambiente. Além disso, o coletor está se tornando cada vez mais popular, pois não é apenas mais seguro para o corpo, mas também pode ser reutilizado e, portanto, ajuda a reduzir a quantidade de resíduos.


© Media Partisans

Zâmbia

Na Zâmbia, algumas mulheres usam esterco de vaca durante a menstruação. As mulheres o coletam da grama, secam e formam pedaços finos. Em seguida, embrulham-nos em pano e os colocam de forma que contenham a menstruação sem sujar suas roupas. Elas simplesmente não podem comprar produtos de higiene e gostam desse método porque o esterco de vaca absorve muito sangue. Dessa forma, elas podem fazer a maioria de suas atividades sem problemas.

Zambia

Mas existem outros métodos muito comuns na Zâmbia. Algumas mulheres fazem uma espécie de absorvente interno de algodão. No entanto, como esse substituto não é firme e não absorve tão bem o sangue, as mulheres ficam impedidas de andar e praticar atividades durante o período menstrual.

cotton

Uganda

Em Uganda, usar uma saia de pele de cabra durante a menstruação provou ser uma prática eficaz, tornando-a uma peça padrão para muitas mulheres. Os absorventes estão disponíveis, mas são muito caros e, quando o fluxo sanguíneo é alto, as mulheres precisam de mais de 3 por dia. Portanto, eles raramente são usados. A saia, por outro lado, pode ser usada o dia todo, mesmo quando houver sangramento intenso.

Uganda 1

Outro método que tem uma tradição em Uganda é cavar buracos. Especialmente para as mulheres rurais, é normal, durante o período menstrual, sentar-se em em um buraco no solo para coletar o sangue.

Uganda 2

Paquistão

As mulheres paquistanesas costumam usar roupas velhas para conter o fluxo menstrual. Elas cortam e costuram seus próprios absorventes com roupas de algodão usadas.

Green Lady Cambodia 5

Infelizmente, ainda existem muitos países que carecem da infraestrutura necessária para que meninas e mulheres lidem com a menstruação de maneira mais confortável. Vergonha e exclusão, assim como doenças e infecções da área genital, fazem parte da vida delas. Por isso, é muito importante falar abertamente sobre o assunto, informar a população e quebrar esse tabu. 

Imagens de destaque do artigo: © IPSnews/Pinterest © REACH/Flickr

Fonte:

Brigitte

The Guardian

Imagens de destaque do artigo: © IPSnews/Pinterest © REACH/Flickr
 
 

Comentários

Também incrível