Veja como identificar se uma abobrinha é comestível ou não

A abobrinha é um dos vegetais mais populares para os entusiastas da jardinagem. E não é de se admirar, já que seu cultivo é fácil e rentável. Você pode pensar que só existem vantagens com a abobrinha, mas, na verdade, é preciso ter cuidado, porque ela pode ser muito perigosa!

Media Partisans

Em 2015, na Alemanha, soube-se que um jardineiro amador morreu por causa da abobrinha que ele cultivava em seu jardim. Nesse verão, o Ministério da Proteção ao Consumidor de Baden-Württemberg também alertou contra o envenenamento por esse legume. Como isso é possível?

Para uma abobrinha se tornar tóxica, vários fatores adversos entram em jogo, e esse fato é geralmente muito raro. Um vegetal tóxico é facilmente reconhecível pelo seu gosto. Os fatores listados abaixo podem contribuir para o perigo em potencial, uma vez que promovem a formação de cucurbitacinas.

Pixabay

1) A proximidade de outras abóboras

Se você também tiver abóboras ornamentais perto da abobrinha, há risco de cruzamento. Abóboras ornamentais não são comestíveis porque contêm cucurbitacina como proteção contra predadores. Se tais cruzamentos ocorrerem, as sementes dos legumes resultantes podem se tornar tóxicas.

2) O uso de sementes locais

A cucurbitacina é obtida a partir de sementes disponíveis no mercado, para as quais normalmente não há perigo. No entanto, se o jardineiro usar sementes que ele próprio cultivou, uma retro mutação (ver ponto 1) pode levar à formação de substâncias amargas tóxicas.

3) Raios de sol e calor intenso

Um aspecto que deve ser levado em conta especialmente durante os verões é: se as plantas sofrem de estresse por calor ou seca, substâncias amargas também podem se formar.

4) Legumes muito grandes

O teor de substâncias amargas aumenta à medida que o vegetal amadurece. Não é por acaso que a abobrinha é colhida mais jovem, o seu sabor é ainda melhor.

Media Partisans

Como reconhecer a abobrinha contaminada?

Na verdade, é muito simples: se uma abobrinha tem gosto amargo, você nunca deve comê-la, mesmo em pequenas quantidades! O aposentado Heidenheim cometeu este erro em 2015. Apesar de seu gosto não comestível, o homem de 79 anos comeu abobrinha gratinada e morreu envenenado. Este é, obviamente, um caso extremo. Contaminação com cucurbitacina provoca náuseas, vômitos, cólicas estomacais, diarreia e, por vezes, sintomas como gastroenterite aguda com consequências fatais.

Media Partisans

Não precisa entrar em pânico. Para evitar qualquer risco, prove sempre a sua abóbora/abobrinha, e se tiverem um sabor amargo, descarte-as imediatamente. Com isso em mente, você não a corre riscos.

Comentários

Também incrível